José António Primo de Rivera - Presente!

A 20 de Novembro de 1936 um Homem de excepção sai da sua cela da Prisão de Alicante e é conduzido até ao pátio onde iriam pôr fim à sua vida. Um dos verdugos olha fixamente para o sobretudo que o prisioneiro levava sobre os ombros.

José António apercebe-se daquele olhar invejoso que os vermelhos tão bem souberam manipular em seu proveito…

— Toma, é para ti, fica com ele.

O desgraçado do verdugo nem queria acreditar no que ouvia e pegou no casaco que José António lhe oferecia.

José António Primo de Rivera foi executado sem culpa formada pelos vermelhos (republicanos) na Prisão de Alicante.

Não esquecemos nem perdoamos.

José António primo de Rivera,
PRESENTE!

3 Response to "José António Primo de Rivera - Presente!"

  1. F. Santos says:

    «nos mataran al mejor hombre de España.
    No me pongan en la sombra
    a morir como un traidor.
    Soy bueno, y como bueno
    Moriré de "Cara al Sol".»
    (De Raymond)

    Sem dúvida PRESENTE

    Presente!
    ( Não tragas é o anarca vermelho, o dos pretos, Victor, o vosso Flávio ).
    Bom fim de semana e um abraço a todos.

Powered by Blogger