Solstício de Inverno

Celebramos hoje mais um Solstício de Inverno, data em que recordamos e evocamos os nossos camaradas mortos em diversas circunstâncias e lugares, todos os que tombaram sem abandonar, sem trair os seus irmãos de armas e a Causa porque lutavam. Para nós, legionários, estes são exemplos maiores que devemos enaltecer e seguir.

Recordamos desta feita mais um expoente dessa Valentia, Nobreza, Coragem, Entrega Incondicional… Fidelidade.

Evocamos nesta cerimónia Léon Degrelle, esse grande combatente, a quem alguém tão certeiramente chamou “o último dos irredutíveis”.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando nas estepes geladas da Ucrânia e da Rússia combateste corpo-a-corpo, olhos nos olhos, a fera bolchevique.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando à distância da baioneta, a que tantas vezes chegaste, saíste vitorioso.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando te alistaste voluntário para a frente de combate como simples soldado raso, rejeitando o privilégio de começares como tenente.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando as tuas cicatrizes de guerra são as mais preciosas condecorações.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando te expunhas à metralha inimiga para salvar um camarada.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando a tua fidelidade se mostrou sempre mais forte que o fogo e lutaste até ao fim.

Ser legionário é ter-te como exemplo: Quando tudo terminou, a Guerra perdida, a família assassinada pelos infames vencedores, tu não te vergaste, continuaste vertical, altivo, quiçá arrogante, não importa, pois roçaste uma dimensão supra humana.

Ser legionário é ter-te como exemplo.

A Honra é nossa pátria a Fidelidade nossa mãe!


0 Response to "Solstício de Inverno"

Powered by Blogger